A VITÓRIA DA MÚSICA BRASILEIRA SOBRE O ECAD

gritabr

Carlos Henrique Machado

Não é raro as regras estabelecidas pelas empresas afetarem mais a sociedade do que as regras criadas pelo Estado. Mas quando o Estado se associa às empresas, como foi o caso do período Collor e, depois, de FHC com o Ecad, foi produzida uma atmosfera de insegurança no mundo musical que desnorteou, principalmente os criadores com pouca visibilidade na mídia.
A partir de Collor e FHC, todo um processo conduzido pelo Ecad foi nos revelando a necessidade de produzir novas formas de organização que pudessem se contrapor a um oceano de pegadinhas que verificamos no mundo do direito autoral imposto pelo Ecad. E a luta para que o feitiço virasse contra o feiticeiro foi árdua e não contou somente com os músicos, uma parcela da população começou a perceber que era também lesada, então aumentaram as reclamações contra o sistema criado por Collor e patenteado por FHC.

View original post 140 more words

Leave a comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: